A Dama de Chandor
Realizado por
Catarina Mourão
Duração
93 minutos
Ano
1998
Sinopse
Passadas três décadas sobre a sua integração na União Indiana e a sua libertação face ao poder colonial português, Goa surpreende por nela coexistirem culturas diversas e uma sociedade que se encontra estranhamente cristalizada no tempo. Aida, a Dama de Chandor, tem oitenta anos e vive sozinha num palácio perdido numa aldeia goesa. Este documentário conta a sua história, acompanhando o seu esforço diário para preservar a todo o custo a casa onde vive, símbolo visível e palpável da sua identidade que ela sente ameaçada. A Dama de Chandor e a sua casa confundem-se. Aida terá de viver até garantir que a casa lhe sobrevive.
EQUIPA
Argumento  Catarina Mourão
Fotografia  João Ribeiro
Montagem  Pedro Mateus Duarte e Catarina Mourão
Produção  Pedro Correia Martins
Som  Armanda Carvalho
Prémios
1998 Melhor obra Documental Prémio António Reis - Encontros Internacionais de Cinema Documental da Malaposta
1998 Menção Honrosa da Federação Nacional de Cineclubes
1998 Prémio de revelação “Prémio Aurélio Paz dos Reis”, Ministério da Cultura/ICAM
1999 Prémio de “Best Script” (Melhor Argumento) - 8o Festival Internacional de Filme Etnográfico de Belgrado

Festivais e exibições
1998 IX Encontros Internacionais de Cinema Documental da Malaposta
1999 Festival de Cinema de Turim
1999 Festival Internacional de Cinema de Bucareste
1999 Festival Internacional de Cinema de Cabo Verde
1999 8o Festival Internacional de Filme Etnográfico de Belgrado
1999 Museu Nacional de Etnologia
1999 Cinemateca Portuguesa no ciclo O Novo Documentário
1999 Teatro Rivoli
1999 Bienal de arte da Maia
2000 Festival Internacional de Filme Etnográfico de Gottingen
2000 Auditório da FNAC do Chiado [Portugal] [2014] Ciclo Cinemagosto Film Fokus
2002 Festival International du Nouveau Cinema et des nouveaux medias
2019 Escola das Gaivotas
2019 Festival Periferias
2019 Cinema Paraíso de Macau
2019 Cinema Monumental